Textos em português e esperanto. Tekstoj en la portugala kaj en Esperanto.

Obrigada por sua visita! Dankon pro via vizito!

quinta-feira, 13 de março de 2014

Mercearia da Mercedes





Que laços enlaçam o deus romano Mercúrio, o mercado e você?

Saio da teia prática da sincronia lexical e mergulho no misterioso túnel diacrônico cavado pela Filologia. A viagem surpreende a cada curva semântica. Primeiro encontro o céu do latim merere (merecer) e quase ouço um canto gregoriano ao fundo...

Não sei se tenho mérito para merecer este encanto, mas o fato é que a raiz mer(c) se destaca como uma borboleta sem cerimônia e convida-me a conhecer um pouco da família cognata. E, apressando-se, ela se une ao prefixo com- e então se projetam, no cenário da memória, imagens de comércio, comerciante, comercial, mercado, mercearia, mercador... campo semântico regido por Mercúrio, deus do comércio e da comunicação. 

E eis que, gentil, surge Mercedes, nobre nome que não fica à mercê dos mercenários que pululam na arena da mediocridade mercantil. Então lhe agradeço num galanteio francês: merci, Mercedes!

Agora pergunto ao meu eventual leitor: e vossa mercê? Perdão, e vosmecê, e você? 

Você sou eu, somos nós. Precisamos desse intercâmbio civilizatório. O espírito merece uma boa merenda recheada de cultura e arte. Afinal somos todos Mercedes.

Maria Nazaré Laroca


Guarulhos, 13/03/2014.

5 comentários:

  1. Tre interesa kunligado de sonoj-signifoj. La muziko de la vortoj... Vi komponis etan kanzonon, Poeto!

    ResponderExcluir
  2. Nazaré, vi fosis funde kaj trovis vortojn kiuj florigas poeme.
    Kore,

    Passini

    ResponderExcluir
  3. No Nordeste esse texto serviria de mote para os mais hábeis repentistas, minha cara poeta.
    E no ir e vir do comercio das vidas que se sucedem, eu saúdo a sua Mercedes na língua cigana: Opcha, moça!

    ResponderExcluir
  4. Deliciosa crônica com sabor de poesia. Isto quanto à linguagem. Mas, sustentando o tema, a pesquisa, o estudo etimológico servindo diacronia com requintes de um gurmê (ou gourmet, se preferem). Portugale komentita, ĉar portugale verkita. Parabéns.

    ResponderExcluir